Prevent Senior tem dívida de R$ 160 milhões em impostos não pagos à Prefeitura de São Paulo

Débito é relativo ao não pagamento de ISS entre 2012 e 2016. Em nota, a Prevent Senior informou que paga rigorosamente em dia os impostos devidos, e os valores citados pelo GloboNews são de cobranças contestadas pela empresa na Justiça.

Agência Senado

Prevent Senior

A Prevent Senior tem uma dívida fiscal de R$ 159,6 milhões com a Prefeitura de São Paulo pelo não pagamento de ISS (Imposto Sobre Serviços) e encargos municipais.

O rombo foi identificado pelos integrantes da CPI da Prevent Senior na Câmara Municipal. O não-pagamento de impostos municipais é uma das frentes de investigação dos vereadores.

Segundo o vereador Celso Giannazi (PSOL), o débito vêm desde 2006 e em 2015 foi inscrito na divida ativa do município. O parlamentar diz que o débito fiscal é relativo a apenas um dos CNPJs da Prevent.

“Isso é só um fio que vamos puxar. O rombo pode ser muito maior. A empresa vêm adiando o pagamento da maior parte desse valor por meio de recursos na Justiça, mas esse débito já está inscrito na dívida ativa desde 2015. A prefeitura tinha que ser mais eficiente nessa cobrança”, afirmou o vereador.

A CPI aprovou requerimentos para solicitar informações à Secretaria da Fazenda do município e à Receita Federal sobre as dívidas tributárias da Prevent.

A dívida de R$ 160 milhões é referente à antiga sede da Prevent Senior, no Planalto Paulista, Zona Sul da capital paulista.

“A nossa suspeita é que esse débito seja relativo a uma fraude fiscal. É muito comum as empresas estarem aqui na capital, mas declararem que a sede fica em outro município para pagar menos impostos. Nesse caso não há justificativa, porque o endereço é daqui da capital”, disse Giannazi.

Atualmente, a sede funciona em um prédio corporativo na Vila Olímpia, maior e mais luxuoso que o anterior. A unidade foi apelidada de “pentágono” pelos executivos da operadora, uma alusão à sede do Departamento de Defesa norte-americano.

A Prevent Senior encerrou 2020 com um faturamento líquido de R$ 4,3 bilhões, quase 20% a mais que no ano anterior. O lucro liquido foi de R$ 496 milhões, alta de 15% em relação a 2019.

A grande maioria das unidades da Prevent fica na cidade de São Paulo, assim como a maior parte de seus mais de 500 mil associados.

No início do mês, um consórcio de veículos que teve acesso a documentos de offshores identificou que os donos da Prevent Senior possuem US$ 9 milhões (R$ 51 milhões) em quatro empresas sediadas em São Cristóvão e Nevis, um paraíso fiscal no Caribe.

Em nota, a Prefeitura de São Paulo, por meio da Procuradora Geral do Município de São Paulo, disse que, “ao receber os requerimentos aprovados no âmbito da Comissão Parlamentar de Inquérito, reunirá todas as informações e as apresentará às autoridades competentes”.

Já a Prevent Senior disse que “paga rigorosamente em dia os impostos devidos. Os valores citados pelo Gnews são de cobranças contestadas pela empresa na Justiça, o que é um direito da empresa. Até o transito em julgado da ação, não podem ser considerados como dividas”.

Fonte: g1

Veja Mais

Deixe um comentário