Agricultores nordestinos receberão auxílio técnico do Pronaf

Claudia LinsPequeno agricultor transportando feijão em Olho D'Água do Casado, sertão de Alagoas

Pequeno agricultor transportando feijão em Olho D’Água do Casado, sertão de Alagoas

Pequenos agricultores familiares dos estados do Nordeste vão receber orientação para elaborar projetos do Programa Nacional da Agricultura Família (Pronaf). Técnicos deverão orientar as famílias a calcular os recursos necessários para estimular a produção.

O objetivo é dar mais agilidade ao processo de solicitação e liberação dos recursos para evitar casos como o do agricultor Paulo Martins de Lima da cidade de São José, no Rio Grande do Norte, que recebeu tarde o dinheiro para financiar o plantio de sua lavoura. "Tivemos uma grande dificuldade para fazer o projeto pelo Pronaf. Quando elaboramos o projeto, levamos para o banco e quando o dinheiro saiu, saiu fora do tempo".

De acordo com a coordenadora de microcrédito rural do Pronaf, Letícia Mendonça, o assessor técnico deverá discutir com as famílias como será o projeto para rececer o financiamento. "O que a gente espera com essa ação é poder alcançar um público que ainda não foi incluído no crédito rural e também que o relacionamento do agente financeiro com essas famílias se intensifique, e que seja respeitado o projeto dessa família".

A ação é uma parceria entre o Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) e o Banco do Nordeste do Brasil (BNB). Até o momento foram treinados mais de 70 assessores rurais em 27 agências bancárias. A previsão é de alcançar o total de 170 assessores em 50 agências até o fim deste ano. A expectativa para a próxima safra é de que sejam operados 410 mil contratos do Grupo B, 310 mil desses nos estados nordestinos.

Veja Mais

Deixe um comentário