Caixa nega, em nota, prejuízos com aquisição de carteira de empréstimos do BMG

A Caixa Econômica Federal divulgou nota à Imprensa nesta noite contestando declarações do senador Álvaro Dias (PSDB-PR) de que ela teria tido prejuízos com a aquisição de carteira de empréstimos do banco BMG. O senador havia informado, nesta sexta-feira (18), que vai pedir à CPMI dos Correios que investigue a operação.

Na nota, a Caixa afirma que o negócio fechado com o banco, da ordem de R$ 2,9 bilhões, "envolve ganho bruto final projetado em R$ 905 milhões". E que o acordo "foi submetido a análise de toda a diretoria técnica e aprovado pelo Conselho Diretor da instituição, composto pelo presidente e 11 vice-presidentes, em reunião realizada no dia 22 de dezembro de 2004".

A Caixa acrescenta, na nota, que "qualquer ilação política retirada de uma operação típica de mercado, semelhante à que outros grandes bancos realizam, trata-se de oportunismo político, buscando produzir mais uma denúncia vazia sem comprovação em fatos". E que "caso a Caixa tivesse algo a ocultar não forneceria ao senador toda a documentação por ele utilizada para fazer a denúncia".

Ainda segundo a nota, a instituição considera que o senador "ofende a honra de todos os empregados da Caixa em diversas instâncias, que participaram das decisões envolvendo o negócio".

Fonte: Agência Brasil

Veja Mais

Deixe um comentário