Polícia prende acusados de assassinar pedreiro no Benedito Bentes

Os acusados de envolvimento na morte do pedreiro Genilvaldo da Conceição, 39, ocorrido na madrugada de hoje, no Conjunto Frei Damião, em Maceió, estão presos no 8° Distrito Policial, no Benedito Bentes, sob a responsabilidade do delegado Jorge Barbosa.

Neste momento, o delegado ouve o depoimento de uma testemunha do caso, o compadre da vítima, que teve apenas o prenome revelado, Josivaldo.

Segundo o que foi apurado até agora, a morte de Genivaldo seria resultado de uma briga de galeras. Os assassinos (quatro) teriam ido à casa de Genivaldo para matá-lo, mas como ele não se encontrava em casa desistiram. Entretanto, no percurso de volta, vítima e algozes se encontram, resultando em tiroteio. O delegado ainda não sabe onde foram parar as armas utilizadas no crime.

O compadre de Genivaldo informou que foi o responsável por deixar a bicicleta em via pública para tentar obter socorro para seu compadre. A vítima chegou a ser levada ao minipronto-socorro do Benedito Bentes, mas já chegou sem vida ao local.

Como ainda se encontram em interrogatório, apenas dois acusados tiveram o nome revelado, Luiz Fernando da Silva Santos, que já possui passagem pela polícia, e Jairo.

O delegado informou, ainda, que os acusados permanecerão presos no 8° distro à disposição da Justiça.

Leia também

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *