Relatório do IMA revela que 16 praias estão impróprias para banho

O relatório de balneabilidade divulgado, nesta semana, pelo Instituto do Meio Ambiente (IMA) revela que 16 praias alagoanas encontram-se impróprias para banho.

Segundo os exames realizados, os trechos impróprios são os localizados em frente a TIM Celular, às Lojas Americanas – Duque de Caxias, ao Clube Fênix Alagoano, ao Hotel Ponta Verde, ao Hotel Meliá, ao Hotel Jatiúca, ao Condomínio Solaris – Cruz das Almas, ao Motel Costa Dourada – 400m do Rest. Bem.

Ainda foram apontadas como inadequadas, às áreas em frente à Rua "A" – Jacarecica, a Foz do Rio Salgado, à Escola Manoel M. Costa – São Bento, a Foz do Rio Maragogi, ao Hotel Vilage Galés, a Foz do Rio Persinunga, da Praia da Atalaia – Barra de São Miguel e 500m à Norte do Emissário da CASAL – Sobral

Segundo os técnicos do IMA, as praias estão próprias para banho quando 80% ou mais de um conjunto de amostras obtidas em uma das cinco semanas anteriores, colhidas no mesmo local, não excedem um limite de 1000 NMP de Coliformes Termotolerantes por 100mL da amostra de água.

As praias são consideradas impróprias quando não obedecem esse critério ou quando apresentam, na semana anterior, um valor superior a 2.500 Coliformes Termotolerantes por 100mL.

O IMA orienta que seja evitado o banho de mar em uma das ocorrências abaixo:

Incidência elevada ou anormal na região de enfermidades transmissíveis por via hídrica, indicada pelas autoridades sanitárias;

Presença de resíduos ou despejos sólidos ou líquidos, inclusive esgotos sanitários óleos, graxas ou outras substâncias, capazes de oferecer risco à saúde;

Floração de algas ou outros organismos, até que comprove que não oferecem risco à saúde;

Nas semanas que forem classificadas como impróprias;

Sua utilização nas 24 horas subseqüentes à ocorrência de chuvas, devido ao maior risco de doenças;

A ingestão de água do mar, com redobrada atenção nas crianças, que são mais sensíveis e menos imunes que os adultos.

Com infomações da assessoria

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *