Governo de Alagoas reduz verba do Projeto Acolhe e Conselho de Políticas sobre Drogas não aceita e solicita audiência com Renan Filho

REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DO CONED-AL que foi realizada dia 18/02/2019 às 14h:30 na Sala dos Conselhos no Palácio do Governo, 1º Andar teve como PAUTA:

– Redução do Valor Global do Projeto da Rede Acolhe Alagoas pelo FECOEP para o ano 2019.

O Conselho alerta que a redução vai gerar, consequentemente, uma perda de mais de R$ 4.500,000 (Quatro milhões e meio) que deveriam ser investidos na política pública de políticas sobre drogas no estado de Alagoas no ano de 2019.

Diante de tal fato o conselho deliberou não aceitar a redução do Projeto Acolhe e está solicitando uma audiência com o Governador Renan Filho para discutir este corte no orçamento e encontrar uma solução para a assistência aos dependentes químicos atendidos pelo serviço da Rede Acolhe.

Segundo declarações do próprio governador de Alagoas Renan Filho em entrevistas, a Rede Acolhe é a primeira oportunidade que o Estado tenta proporcionar para os dependentes químicos para que outras tantas aconteçam no decorrer da vida.

“Nós nos preocupamos muito com aqueles que estão com as vidas tomadas pelas drogas, que é o mal do século. E é exatamente por isso que nós precisamos trabalhar para que esse programa continue seguindo em frente”, enfatizou.

Esperamos que o CONED – Conselho estadual de politicas sobre drogas do Estado de Alagoas e o Governador Renan Filho encontrem uma solução conjunta e assim minimizar o sofrimento destes jovens portadores de dependência química e seus familiares.

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notificações no seu whatsappReceba nossas notificações