Populares protestam contra fechamento de terreno que dá acesso a comunidade; veja vídeos!

João Urtiga / Alagoas 24 Horas

Populares da comunidade Novo Horizonte protestam na manhã desta quarta-feira (13) contra o fechamento de um terreno particular no bairro do Jacintinho, na parte alta de Maceió.

A manifestação foi pacífica, mas fechou os dois sentidos da Avenida Juca Sampaio, próximo ao Ladeirão do Óleo. O motivo do protesto foi que o proprietário de um terreno que serve como passagem para populares foi murado. O local dá acesso ao Morro do Ari.

Os manifestantes atearam fogo em pneus e bloquearam os dois sentidos da via, causando congestionamento.

Moradores do local informaram que o acesso realizado pelo terreno acontece há cerca de 40 anos e que o bloqueio resulta no isolamento dos populares, que precisariam realizar um trajeto maior para se deslocar.

Além disso, o bloqueio também impede que veículos particulares, caminhões de lixo, ambulâncias, entre outros sejam impedidos de entraram na comunidade Novo Horizonte devido a falta de acesso ao local. Os manifestantes pedem que o poder público garanta um acesso aos moradores da comunidade. Policiais militares e o Corpo de Bombeiros foram acionados.

A Secretaria de Comunicação de Maceió emitiu uma nota oficial informando que “sobre o protesto dos moradores do Morro do Ari, a Secretaria de Desenvolvimento Territorial de Maceió (Sedet) informa a orientação é de que, em casos como este, os moradores procurem o órgão, localizado à Avenida Governador Afrânio Lages, 297, no Farol, para protocolar uma solicitação de acesso”.

Veja Mais

1 comentário

  • Observador says:

    Eu ia trabalhar, fui passar pelo local e fui prejudicado! O que é que eu tenho a ver com o problema deles? Infelizmente, “virou moda” no Brasil, se fazer protesto interditando vias e prejudicando quem não nada a ver! E se alguém fosse para o aeroporto pegar um voo, se alguém fosse fazer um concurso, se uma mulher fosse as pressas para uma maternidade a fim de ganhar neném, se alguém tivesse consulta marcada com um médico, se alguém fosse sendo socorrido as pressas para um hospital e morresse por causa do tal bloqueio! Isso pode ocorrer com qualquer um, inclusive com o parente de um deles próprio! Gente, nada contra protestar, porém, terceiros não podem ser prejudicados por causa de um problema que eles não foram os causadores! Cobrem dos governantes, façam abaixo assinado, entrem com uma ação junto aos órgão competentes, procurem seus direitos, mas, não prejudiquem o direito de ir e vir das pessoas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *