Cinemas e teatros voltam a funcionar com 30% da capacidade em Alagoas

Confirmando as expectativas, o governador Renan Filho (MDB) anunciou, no início da noite desta terça-feira, 11, a flexibilização do decreto que impõe regras de distanciamento social em Alagoas. As mudanças foram anunciadas em entrevista coletiva.

Entre as principais mudanças no novo decreto, a ampliação do ‘toque de recolher’, que impedia pessoas que não estivessem cumprindo atividades consideradas essenciais de circular após às 21 horas, e que passa a valer agora a partir das 22 horas.

O governo também liberou o funcionamento de shoppings centers, bares, restaurantes e similares até às 21 horas, durante a semana e aos finais de semana; e o retorno das atividades de cinemas, parques temáticos, circos, teatros e museus, com 30% de suas capacidades.  Apesar das medidas, Alagoas permanece na fase vermelha do Plano de Distanciamento Social Controlado.

As lojas do Centro, de rua e em galerias também poderão funcionar em seu horário normal, sem ultrapassar às 21 horas.

O novo documento passa a valer a partir desta quarta-feira, 12 de maio, pelos próximos 15 dias. Cinemas, teatros, museus e parque temáticos retornam as atividades a partir da próxima sexta-feira, 14 de maio, para que tenham tempo para organização, higienização e adequação às medidas de segurança sanitária.

Atualmente o uso do calçadão à beira-mar e da orla lagunar, bem como, o acesso a praias, rios e lagoas está permitido. Marinas e equipamentos similares também podem funcionar.

Academias de ginástica têm permissão para abrir até aos sábados, com limitação de 30% de usuários. Espaços para prática esportiva coletiva com até 25 pessoas também estão autorizados, mas sem a presença de público.

Templos religiosos e igrejas continuam autorizadas a funcionar com 30% da sua capacidade, sem restrição de horários, mas sem ultrapassar o toque de recolher às 22 horas.

Setor de Eventos

Um setor que não teve as expectativas atendidas enquanto ao retorno das atividades é o de eventos, que ainda não está autorizado a funcionar, porém o governador garantiu que “em breve deverá ser contemplado”. As medidas são válidas para eventos sociais e esportivos.

Outra área que ficou de fora do novo decreto foi a volta do funcionamento das escolas públicas, o que, segundo Renan Filho, deve acontecer logo após a vacinação dos profissionais da educação.

Antes do anúncio das mudanças, o secretário de Planejamento, Gestão e Desenvolvimento (Seplag), Fabrício Marques informou que a taxa de ocupação de leitos com respiradores apresenta queda há algumas semanas e que a taxa de mortes apresenta tendência de queda dos últimos 15 dias.

O secretário de estado da Saúde, Alexandre Ayres pontuou que o trabalho é baseado em análises técnicas e observaram as possibilidades para propor os novos avanços em Alagoas e flexibilizar as medidas. “A população deve continuar colaborando e evitando aglomerações”, ressaltou Ayres, frisando que Alagoas, em nenhum momento colapsou a rede hospitalar.

“O estado de Alagoas é um dos estados que mais vacina, e ao mesmo tempo nós temos o menor número absoluto de mortes do Nordeste e um dos menores do país e o maior número de hospitais públicos, e isso, somado, com certeza proporcionou uma segunda onda da Covid menor que a primeira”, pontuou Renan Filho.

Veja Mais

Deixe um comentário