Figueirense goleia em casa e afunda o Coritiba na lanterna

Time catarinense vence por 4 a 0 em casa e complica ainda mais a vida do rival paranaense, em último lugar na tabela.

Friedemann Vogel/Getty ImagesGabriel comemora seu primeiro gol diante do Palmeiras com Robinho (nº 7) e Geovânio

Gabriel comemora seu primeiro gol diante do Palmeiras com Robinho (nº 7) e Geovânio

Com o Campeonato Brasileiro entrando em sua reta final, a situação do Coritiba está cada vez mais dramática. Desta vez o time foi à Florianópolis e perdeu para o Figueirense, por 4 a 0, no Estádio Orlando Scarpelli, afundando na lanterna da competição com 29 pontos. O time catarinense, por sua vez, terá um começo de semana mais tranquilo, com 35 pontos, na 13ª colocação.

O Figueira abriu o placar aos 32 minutos e em cobrança de pênalti cometido por Vanderlei e covertido por Marco Antônio. Depois do intervalo, aos 27 minutos, Léo Lisboa tentou o chute, foi travado, e a bola sobrou para Marcão fuzilar e marcar. Em contra-ataque, aos 42 minutos, Mazola fez o terceiro. Para fechar a contagem, Marcão pegou rebote, aos 44 minutos, e empurrou para as redes.

Na próxima rodada, o Coritiba enfrenta o Botafogo, em mais um duelo direto quarta-feira, no Estádio Couto Pereira, em Curituba Já o Figueirense terá pela frente o Grêmio, no mesmo dia, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre.

O jogo – Com a proposta de ter um time compacto em campo, o Coxa marcava forte e não deixava o adversário passar do meio-campo, deixando a partida truncada nos primeiros minutos. Aos 10 minutos, Carlinhos cruzou, a zaga alvinegra cochilou, mas Zé Love não estava ligado para aproveitar o lance. Na resposta, Clayton pegou sobra de bola, mas demorou a concluir.

Mesmo jogando fora de casa, o Coritiba tentava tomar a ações. Aos 15 minutos, Robinho recebeu na área, armou o chute cruzado e foi travado pela defesa. Aos 19 minutos, boa trama do ataque alviverde, Alex rolou para Robinho que bateu para o fundo das redes. O assistente, no entanto, marcou um impedimento polêmico e anulou o lance. Aos 23 minutos, Zé Love invadiu a área em velocidade e chutou desequilibrado para boa defesa de Tiago Volpi.

O Figueira acordou e, aos 28 minutos, chegou com muito perigo em jogada de Clayton, que serviu Marcão, na cara do gol. Norberto apareceu para cortar na hora do chute e salvar. Até que, aos 31 minutos, Clayton aproveitou falha de Welinton, invadiu a área e foi derrubado por Vanderlei. Pênalti marcado. Na cobrança, Marco Antônio abriu o placar. Aos 42 minutos, Clayton desviou de cabeça e Vanderlei foi bem para espalmar e evitar o segundo gol.

Para o segundo tempo, os dois times retornaram dos vestiários sem alterações. Aos três minutos, Clayton ganhou da defesa, coxa-branca, entrou na área e foi travado antes de conseguir o arremate. O Figueira voltou melhor. Aos sete minutos, Clayton desviou de cabeça na área, mas a bola saiu fraca, pela linha de fundo. Aos 11 minutos, Marco Antônio recebeu o cruzamento, e bateu desequilibrado na trave.

O Coritiba não fazia uma boa partida e o técnico Marquinhos Santos apostou na volta do esquema com três atacantes, promovendo a entrada de Martinuccio no lugar de Rosinei. Aos 17 minutos, Paulo Roberto chutou forte, de fora da área, para defesa de Vanderlei. O jogo era de muita vontade e pouca emoção. Até que, aos 27 minutos, Marcão aproveitou sobra de bola em chute de Léo Lisboa e empurrou para as redes para ampliar.

Já no desespero, o Coxa partiu para o ataque. Aos 34 minutos, Zé Love abriu espaço e soltou pé em cima da defesa. Na resposta, Clayton chegou pelo lado esquerdo, cruzou fechado e a defesa alviverde afastou. Aos 41 minutos, Alex tentou o gol olímpico e a bola acertou o travessão, no melhor lance do Coritiba na partida. No contra-ataque, a bola sobrou para Mazola, que tocou na saída do goleio para marcar. O quarto veio na sequência, com Marcão, que pegou rebote e fechou a goleada.

FICHA TÉCNICA: FIGUEIRENSE-SC 4 X 0 CORITIBA-PR

Local: Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis-SC
Data: 19 de outubro de 2014, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Péricles Bassols Pegado Cortez (Fifa-RJ)
Assistentes: Luiz Antonio Muniz de Oliveira-RJ e Michael Correia-RJ
Cartões amarelos: Nirley, Jefferson (Figueirense); Sérgio Manoel, Vanderlei, Zé Love (Coritiba)

GOLS:
FIGUEIRENSE: Marco Antônio, aos 32 minutos do primeiro tempo; Marcão, aos 27 minutos e aos 44 minutos, e Mazola, aos 42 minutos do segundo tempo

FIGUEIRENSE: Tiago Volpi; Jefferson, Nirley, Thiago Heleno, Roberto Cereceda; Paulo Roberto (França), Rivaldo, Marco Antônio e Felipe (Léo Lisboa); Clayton (Mazola) e Marcão.
Técnico: Argel Fucks

CORITIBA: Vanderlei; Norberto, Welinton, Leandro Almeida e Carlinhos; Sérgio Manoel, Rosinei (Martinuccio), Robinho e Alex; Zé Love e Joel (Júlio César)
Técnico: Marquinhos Santos

Fonte: Gazeta Press

Veja Mais

Deixe um comentário