Presos provocam motim no Rubens Quintella

Os reeducandos do presídio Rubens Quintella provocaram um princípio de motim nesta manhã, em protesto ao isolamento dos seis presos acusados de espancar outros quatro, na última sexta-feira.

Neste momento, o Grupo de Ações Penitenciárias, diretores dos presídios e representantes da Secretaria de Ressocialização participam de uma reunião com os presos.

Segundo o diretor do Sistema Prisional, coronel Tavares, a situação já foi estabilizada. Uma equipe do Batalhão de Operações Especiais também está no local, para evitar outros confrontos.

Os presos exigiram o retorno dos seis detentos ao Rubens Quintella. Na tarde do dia dois de setembro, os seis reeducandos agrediram fisicamente outros quatro detentos, por motivo ainda desconhecido pela direção da unidade prisional.

Os agressores foram encaminhados para a Deplan 2, no bairro do Tabuleiro, onde foram autuados por lesão corporal e depois foram transferidos para o Presídio Cyridião Durval, onde permaneceram no isolamento.

Veja Mais

Deixe um comentário