IDH do Brasil apresenta melhoras

O Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) brasileiro melhorou entre 2002 e 2003. Subiu de 0,79 pontos para 0,792, segundo informação divulgada pela Organização das Nações Unidas (ONU) em seu Relatório de Desenvolvimento Humano anual.

Esse IDH mantém o país entre as nações com desenvolvimento médio. Pontuações acima dos 0,800 caracterizam nações com desenvolvimento humano avançado.

O índice analisa a educação, a expectativa de vida e a renda da população em 177 países do mundo. O Brasil avançou em dois quesitos naquele período: educação e expectativa de vida.

O relatório mostra que a longevidade dos brasileiros subiu dos 70,2 anos em 2002 para 70,5 anos em 2003. Já o número de analfabetos acima dos 15 anos permaneceu em 11,6% em ambos os anos. Por outro lado, a taxa bruta de matrícula nos ensinos fundamental, médio e superior aumentou em 1% (dos 90% para os 91%).

A renda da população nacional não manteve os resultados positivos. Entre 2002 e 2003, o Produto Interno Bruto (PIB) caiu 1,6%. No entanto, a ministra-chefe da Casa Civil indica que esse quadro deverá ser revertido no próximo ano. "No próximo relatório, os dados usados serão de 2003 – quando o PIB foi de R$ 0,5 bilhão – e de 2004 – que foi de R$ 4,9 bilhão. Ou seja, seguramente o nosso IDH irá crescer no ano que vem", afirma.

Mesmo com perspectivas para o futuro, um dos responsáveis pelo relatório na organização Ricardo Fuentes afirma que "a melhora dos índices brasileiros são reais e evidentes".

Fonte: Agência Brasil

Veja Mais

Deixe um comentário