Polícia

Trabalhador rural é assassinado em Murici

Policiais da Delegacia de Murici e uma equipe do Instituto de Criminalística estão, neste momemento, na rua da Floresta, no Centro de Murici, onde foi encontrado o corpo de um trabalhador rural, ainda não identificado.

Carro da Sesau é apedrejado no Conjunto Carminha

O veículo estava estacionado próximo a um bar. Segundo testemunhas, o motorista teria se negado a prestar socorro a um amigo dos dois homens. A equipe de reportagem da TV Gazeta esteve no local, mas foi impedida por quatro homens de fazer as imagens.

Homem executado com sete tiros no Tabuleiro do Martins

O jovem Gilson José da Silva, 21, foi assassinado na noite de ontem, no Conjunto Vila Madalena, no Tabuleiro do Martins. Ele foi morto com sete tiros de revólver calibre 38. Até o presente momento a Polícia Civil não tem pistas de quem possa ter executado Gilson José. O caso está sendo investigado pela Delegacia de Plantão II, no Tabuleiro do Martins.

Número de carros roubados preocupa a Polícia Civil

Na madrugada de ontem, mais três carros foram roubados em Maceió. Ao todo já se somam mais de sete veículos furtados em menos de uma semana. Os números começam a preocupar a Polícia Civil. Desta vez, o delegado plantonista Cícero Lima, disse que não só o número de roubos, como o latrocínio tem aumentado.

PC é preso com carro de placa fria

A placa verdadeira da Parati é MUB 9356, de Alagoas, e a alterada é MSN 2502, do Rio de Janeiro. Neste momento, o policial está detido na Deplan 1, no bairro do Farol.

Acusado de estuprar adolescente foge da Delegacia da Mulher

O acusado de estuprar uma adolescente há menos de quinze dias, no Barro Duro, fugiu da Delegacia da Mulher com a ajuda de pilhas e um lençol. Adriano de Lima Oliveira foi reconhecido pela vítima, por estupro. O ato resultou no protesto que bloqueou a avenida Gustavo Paiva, em Mangabeiras.

Presos provocam motim no Rubens Quintella

Os reeducandos do presídio Rubens Quintella provocaram um princípio de motim nesta manhã, em protesto ao isolamento dos seis presos acusados de espancar outros quatro, na última sexta-feira. Neste momento, o Grupo de Ações Penitenciárias, diretores dos presídios e representantes da Secretaria de Ressocialização participam de uma reunião com os presos.