Corpo sem braços achado em praia será identificado através de DNA

Um dia após um corpo em estado avançado de decomposição e sem os dois braços ser achado por populares em um trecho da praia da Avenida, em Jaraguá, o Instituto de Medicina Legal Estácio de Lima (IML de Maceió) informou que sua identificação só será possível após realização de exame de DNA.

Foto: Cortesia de Luiz Alfredo Nogueira e Kleberton Mendonça

Corpo foi encontrado em avançado estado de decomposição e sem os dois braços na praia da Avenida, em Maceió

Segundo o órgão a forma como o cadáver do sexo masculino estava impossibilitou a identificação pela papiloscopia e pela realização do exame odontolegal.

O Setor de Identificação Humana do IML de Maceió confirmou então que esse corpo será submetido a exame de DNA. O material biológico do cadáver já foi coletado pela perita odontolegista Claudia Ferreira e será comparado aos de integrantes de uma família que foi a unidade para reclamar o corpo.

Inicialmente cogitou-se a possibilidade do corpo pertencer a um dos pescadores que estão desaparecidos desde a última quarta-feira (18), após ficaram à deriva devido ao mau tempo. Porém, a hipótese foi descartada devido às condições de decomposição avançada do corpo.

Veja mais sobre o caso dos pescadores:

Bombeiros buscam pescadores desaparecidos há mais de 24h

Vídeo: Buscas por pescadores desaparecidos já duram mais de 48h

Pescador que naufragou conta que nadou cerca de 24 horas para sobreviver em alto mar

Segurança Pública segue realizando buscas por pescadores no litoral sul

Veja Mais

Deixe um comentário