Cine Sesi comemora um ano de existência

O cinema em Alagoas tem muito o que comemorar durante os próximos meses. É que o Cine Sesi, o único cinema totalmente cultural na cidade, festeja um ano de existência, no próximo dia 02 de junho. Para celebrar a data, está sendo organizada uma programação diferente para os cinéfilos alagoanos.

Para o coordenador do Cine Sesi, Marcos Sampaio, um ano de vida do cinema é a consolidação de um sonho. “Passei dez anos alimentando a idéia de reabrir um cinema cultural em Alagoas, após o Cine Art Pajuçara ter sido fechado em 1997. E o ano passado, o desejo se tornou realidade, através do casamento entre minha idéia e o projeto do Sesi”, disse.

A cada dia os alagoanos foram reconhecendo o espaço cultural destinado a entretenimento e lazer. Hoje, o crescimento registrado pelo Centro Cultural Sesi, em relação aos primeiros meses, chega a 500%.

“Existia um receio de algumas pessoas se o cinema iria emplacar. Tivemos muitos dias sem platéia. Vimos que com o tempo as pessoas foram entendendo a proposta e hoje temos um público fiel interessado em programas culturais”, ressaltou Sampaio.

Até o mês de julho, quatro eventos estarão fazendo a alegria dos amantes do cinema em Alagoas. A Semana Sesi Brasil, O Corujão Sesi, Você é o Crítico e a primeira Mostra Internacional do Cine Sesi Pajuçara, onde o público poderá desfrutar de uma programação cultural voltada para a arte.

Estréia

A primeira exibição no Cine Sesi Pajuçara aconteceu no dia 02 de junho de 2006 com o filme Paradise Now, indicado ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro daquele ano.

Mas o primeiro filme a atrair um grande público foi ‘As Chaves de Casa’ – uma produção italiana sobre a relação pai-filho especial. Entretanto, o filme Pequena Miss Sunshine reuniu o maior número de pessoas, passando da casa dos dois mil ingressos vendidos em 40 dias de exibição.

Em um ano de funcionamento, o Cine SESI Pajuçara realizou três mostras, SESI.doc ( Mostra de Documentários), Quinzena do Cinema Argentino, e Achados e Perdidos no Cine SESI (Mostra Retrospectiva de 2006) além de ressaltar o cinema brasileiro através dos filmes A Concepção, Árido Movie, Boleiros 2, Crime Delicado, Dom Helder, Soy Cuba O Mamute Siberiano, Estamira, Eu me Lembro, O Céu de Suely, Tapete Vermelho e Depois Daquele Baile.

Programação

<2> Dia 24/05 – exibição para convidados

19 horas: Abertura

Tanas Take – curta-metragem do cineasta alagoano Almir Guilhermino – comemoração dos 20 anos do lançamento.
Casamento é negócio? O mais antigo filme alagoano existente.
Macunaíma – cópia restaurada do clássico de Joaquim Pedro de Andrade, com Grande Othello e Paulo José.

Dia 25/05

19 horas: Exibição dos filmes

– Ponto das Ervas – curta-metragem do cineasta alagoano Celso Brandão.
– O SOL (Caminhando contra o vento) – documentário sobre um jornal estudantil que combateu a ditadura. Dir.:Tetê Moraes.
– Passageiro, segredos de adulto – longa-metragem sobre jovem de classe alta no Rio, seus conflitos e amores. Dir. Flávio Tambelinni.

Dia 26/05

19 horas : Exibição dos filmes

– Palíndromo – Curta 11min.- SP -Dir.:Philippe Barcinski
– Rapsódia do Absurdo – Curta 15min.- GO – Cláudia Nunes
– Calabar – documentário do cineasta radicado em alagoas Hermano Figueredo, vencedor do DocTV 2007.
– Contra Todos – longa metragem – na periferia de São Paulo, família de classe média baixa convive entre as mentiras e a violência. Dir. Roberto Moreira – uma produção de Fernando Meireles.

Dia 27/05

19 horas: Exibição dos filmes

– Yansan – curta 17 min. SP – Carlos Eduardo Nogueira
– Noite de sexta manhã de sábado – curta 15min. – PE – Kleber Mendonça
– Pro dia nascer feliz – documentário de João Jardim, sobre jovens e suas relações com a escola e o ensino no Brasil.
– Achados e perdidos – longa metragem – filme policial com Antonio Fagundes, sobre prostituição, drogas e crimes no Rio dos dias de hoje.Dir.: José Joflyli

Dia 29/05

19 horas: Exibição dos filmes

– Alguma coisa assim – curta 15min. SP – Esmir Filho
– Tabuleiro de Cana xadrez de cativeiro – vídeo sobre a vida de cortadores de cana em Alagoas e Mato Grosso – Dir.: Talis Almeida
– Jaime Miranda – vídeo sobre o jornalista alagoano morto pela ditadura- Dir.: Beto Leão
– Vinil Verde – curta 13min. PE – Kleber Mendonça
– Brasília 18% – longa metragem do consagrado diretor de Rio 40 graus, Memórias do Cárcere, entre outros– o filme narra a morte de assessora parlamentar em Brasília e os interesses que a cerca. Dir.: Nelson Pereira dos Santos.

Dia 30/05

19 horas: Exibição dos filmes

– Super Outro – média metragem – BA – Dir.: Edgard Navarro
– Eletrodoméstica – curta 22min. PE – Kleber Mendonça
– Moacyr Arte Bruta – documentário sobre artista plástico e sua vida enclausurada. Dir.: Walter Carvalho.
– Bendito Fruto – filme que retrata os amores e conflitos que sempre marcaram a vida das pessoas, de maneira bem humorada e envolvente.Dir.: Sergio Goldemberg

Dia 31/05

19 horas: Exibição dos filmes

– Filhas do Vento – longa metragem – vencedor do Festival de Gramado – dramas familiares em cidade do interior, que chamou a atenção por ser um dos poucos filmes a terem um elenco de atores negros em papéis principais. Dir.:Joel Zito de Araújo
– Vida Maria – curta 8 min. CE – Márcio Ramos (vencedor do Cine PE)

– O Cheiro do Ralo – longa metragem – com Selton Mello (Melhor Ator da Mostra Internacional de São Paulo) – dono de loja vive convive com cheiro forte e suas esquisitices, enquanto explora seus clientes. Dir. Heitor Dhalia.

Corujão Sesi

22h – Piano ao vivo

– Lançamento do livro “O Pianista do Silencioso” do jornalista alagoano Carlos Nealdo.

23:00 h – Exibição do filme – DIAS SELVAGENS
Em 1960, Yuddy (Leslie Cheung) é um belo jovem que acaba de descobrir que a mulher que o criou, uma prostituta bêbada, não é sua verdadeira mão biológica. E ela se recusa a dizer a ele o nome de sua mãe. A revelação desencadeia em Yuddy uma série de perturbações mentais. Ao mesmo tempo, duas mulheres se apaixonam por ele, e Yuddy é incapaz de decidir com qual deve ficar.
Do mesmo diretor de Amor à Flor da Pele (Kar Wai Wong)

00:35h – Intervalo

– Apresentação de música ao vivo com Eliezer Setton

01:20h – Exibição do filme – CRAZY Loucos de Amor
Zac (interpretado por Émile Vallée até os oito anos e por Marc-André Grondin na idade madura) é filho do rigoroso Gervais (Michel Côté) e Laurianne (Danielle Proulx). Com a mãe, ele tem uma relação estreita; com o pai, incompreendida por ambos. Ao lado de quatro irmãos, Zac cresce sentindo desejos homossexuais, enquanto tenta lidar com a religiosidade da mãe e a intolerância do pai, entre os anos 60 a 80. Direção: Jean-Marc Vallée

03:30h – Intervalo

– No saguão: clipes de bandas alagoanas e vídeo arte
04:00h – Exibição do filme – NOTAS SOBRE UM ESCÂNDALO
Quando Sheba Hart (Cate Blanchett) começa a trabalhar na escola St. George como a nova professora de arte, sua colega de trabalho Barbara (Judi Dench) sente que há algo errado nisso. Sheba inicia um romance com um de seus alunos – o que é terminantemente proibido na instituição – e Barbara se torna a maior guardiã desse segredo. Direção: Richard Eyre

05:40h – Encerramento – Café da manhã

Concurso Você é o Crítico

De 15 à 28 de junho

Assista a um filme em cartaz no Cine SESI Pajuçara
neste período, escreva uma crítica e concorra a 01 (um)
ano de cinema grátis (com direito a acompanhante).

Serão 03 (três) críticas selecionadas por um júri profissional.
Data limite para entrega dos textos: 06/07/2207.

Mínimo 20 linhas, digitada, tam.12, fonte Times New Roman
Vedada a participação de jornalistas de cadernos de arte
e funcionários do SESI Alagoas.

I Mostra Internacional do Cine Sesi Pajuçara

De 13 á 26 de julho de 2007

De 13 á 15/07

Scoop o grande furo – mais uma vez Londres é o
cenário para um filme sobre morte e intrigas, do
consagrado Diretor Woody Allen. (EUA/Inglaterra)
Sessões: 16:00 – 21:10 12 anos

Amantes Constantes – Diretor de filmes inovadores,
Philippe Garrel usa os acontecimentos pós 68
para falar de amor e relacionamentos (França)
Sessão: 18 horas — 16 anos

De 17 à 19/07

Herência – jovem rapaz e mulher mais velha passam
A viver um relacionamento, que os motivará a viver
em no país como imigrantes. (Argentina)

Espelho Mágico – o mais antigo cineasta em atividade(99 anos),
Manoel de Oliveira apresenta um filme sobre fé, sonho e cobiça. (Portugal)
Sessões: 16:30 – 20:45 h 14 anos

De 20 à 22/07

Sombras do Passado – Na índia antes da Independência,
Um jovem casal viverá uma trágica história de amor.
(Alemanha)
Sessão18:30h 16 anos

Ventos da Liberdade – filme vencedor do Festival de Cannes
em 2007,. Narra a luta pela libertação da Irlanda, sob
a visão de dois jovens irmãos. Do consagrado Diretor
Ken Loach. (Inglaterra)
Sessões:16:00 – 20:45 12 anos

De 23 à 26/07

Time – o amor contra a passagem do tempo
Filme do consagrado diretor Ki-Duk Kim sobre
o relacionamento entre um jovem casal e suas
Crises. (Japão/Coréia).
Sessão: 19 horas

Em direção ao sul – três americanas passam férias
no Tahiti e se envolvem com nativo por motivos dife-
rentes. (Canadá/França) Sessões – 17:00h – 21:00 h 16 anos

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *