Pais retiram filhos da escola por medo de ameaças de Sandrinho

Agora há pouco, pais de estudantes do Benedito Bentes II retiraram seus filhos da escola municipal Petrônio Viana, localizada próximo a região onde o foragido do presídio Alexandro Domingos, o Sandrinho mora. Segundo os professores o clima é de tensão e medo.

De acordo com uma professora, os pais entraram assustados no colégio explicando que Sandrinho espalhou o aviso na comunidade de que usaria estudantes como reféns para pedir a libertação de comparsas, que se encontram presos no sistema penitenciário.

“O clima aqui é de terror. As mães invadiram o colégio descabeladas com medo de que os estudantes fossem utilizados como reféns por este bandido. Não houve nenhuma ligação direta para a escola, mas o que está havendo é uma série de informações dentro da comunidade, que ninguém sabe se é verdade ou não, mas que confirmam o interesse desse bandido em ameaçar estudantes”, colocou a professora.

Segundo informações, outras escolas localizadas no Conjunto Frei Damião – entre elas a escola municipal Frei Damião – passam por situação parecida. A Secretaria Municipal de Educação (Semed) informou que a decisão de fechar a escola Petrônio Viana é oficial, mas não há registro de outras unidades ameaçadas. As atividades foram paralisadas no dia de hoje e amanhã. A ação da secretaria visa garantir a segurança dos alunos.

Os pais disseram que também vão impedir que seus filhos saiam as ruas para evitar que sejam mortos por Sandrinho. A Polícia Militar trabalha para saber se a informação da ameaça é verdadeira, ou é mais um dos inúmeros trotes que vem recebendo desde o dia de ontem, sobre o Caso Sandrinho.

O secretário de Defesa Social, coronel Ronaldo dos Santos, designou uma operação conjunta entre as forças de segurança pública para capturar o bandido. Pessoas do bando já foram presas na noite de ontem.

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *