Política

Governador exonera assessor e secretário

O governador Ronaldo Lessa exonerou o coordenador do Núcleo da Juventude da Secretaria de Articulação, Devis Klinger da Silva Menezes. O termo de exoneração consta do Diário Oficial do Estado, que também informa a saída do secretário Ediberto Ticcianeli, da Secretaria Executiva de Cultura, pasta que será comandada por Eduardo Bonfim (PCdoB), ex-secretário-geral do Ministério da Articulação Política, em Brasília.

Lula fará novo pronunciamento à nação

O presidente Luís Inácio Lula da Silva pode fazer um pronunciamento oficial à nação a qualquer momento. Ainda esta manhã, Lula se reúne com ministros do chamado Gabinete da Crise, integrado pelos Ministérios da Fazenda, Gabinete Civil, entre outros.

Severino apóia discurso de Lula e desconsidera impeachment

O presidente da Câmara, Severino Cavalcanti, analisou que o pronunciamento do presidente Luiz Inácio Lula da Silva nesta sexta-feira tranqüilizou a população ao trazer a mensagem que o povo brasileiro esperava. Severino acredita que, ao afirmar que foi traído, Lula se qualifica para combater a corrupção que existe no governo e no PT.

Para Heloísa Helena, Lula "entregou as pérolas aos porcos"

em mais um ataque ao governo do PT, a senadora Heloísa Helena (PSOL-AL) disse que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva entregou o "espaço público" a uma quadrilha. Para ela, o presidente, a quem classificou de "o homem mais brilhante e mais inteligente" que já conheceu, sabia da corrupção no governo.

Pronunciamento de Lula gera frustração na oposição

Ansiosamente aguardado numa sessão plenária caracterizada como uma vigília em Plenário, o pronunciamento do presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi silenciosamente assistido pela televisão, no salão de chá dos senadores, e marcado por manifestações de frustração nos líderes da oposição. "O presidente está caminhando para o desastre", afirmou o líder do PSDB, Arthur Virgílio (AM), ao final do pronunciamento. "Se as evidências levarem a crime eleitoral ou a algum tipo de crime cuja penalidade seja o impeachment, não hesitaremos em chegar lá", avisou o líder do PFL, José Agripino (RN).

Em entrevista à "Época", Costa Neto diz que Lula sabia que PT pagou PL por acordo

Em entrevista à revista "Época" que chegou às bancas de São Paulo nesta sexta-feira (12), o presidente do Partido Liberal, Valdemar Costa Neto, afirmou que o PL apoiou Lula nas eleições de 2002 em troca de R$ 10 milhões, que seriam usados em despesas de campanha do PL. Segundo Costa Neto, Lula não participou da reunião para fechar o acordo milionário, mas estava na sala ao lado e sabia de tudo. O vice-presidente, José Alencar, é do PL.

Ex-tenente-coronel Manoel Francisco Cavalcante

Cavalcante retorna este mês a Alagoas

Depois de ser várias vezes rejeitado por presídios de outros Estados, o ex-tenente-coronel Manoel Cavalcante, considerado o líder da gangue fardada, retornará a Alagoas para cumprir o restante de sua pena.

Grevistas do INSS fazem manifestação na Granja do Torto

Os servidores em greve do INSS e da Saúde se reuniram nesta sexta-feira em frente à Granja do Torto para uma manifestação contra a corrupção e com um pedido para que o governo federal retome as negociações com os trabalhadores. A manifestação reuniu pouco mais de uma dezena de pessoas.

Crise derruba popularidade de Lula, revela Datafolha

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva não seria reeleito se a eleição fosse hoje, segundo o Datafolha. A edição da Folha de S.Paulo desta sexta-feira revela que Lula perderia a Presidência da República no segundo turno para José Serra (PSDB), derrotado pelo petista em 2002.