Política

Tribunal de Contas quer criar cargos comissionados

O deputado Paulo Fernando dos Santos, o Paulão (PT) criticou, na sessão de hoje da Assembléia Legislativa (ALE) o projeto de Tribunal de Contas do Estado (TC), de criação de cinco cargos para o Programa de Apoio à Modernização do Controle Externo dos Estados e Municípios Brasileiros (Promoex). O programa é uma iniciativa do Ministério do Planejamento e tem o objetivo de implementar o trabalho de fiscalização quanto a aplicação dos recursos públicos nos municípios.

Ex-prefeitos de Passo têm que se explicar ao TC

O Tribunal de Contas de Alagoas (TC-AL) concedeu prazo de 15 dias para que o ex-prefeito de Passo de Camaragibe, Manoel João dos Santos Júnior apresentem justificativa nas irregularidades apontadas durante auditoria feita por técnicos do órgão na prestação de contas do município.

Delegados querem reajuste de 7%

O deputado Francisco Tenório (PPS) recebeu, agora à tarde, uma comissão de delegados de polícia na Assembléia Legislativa (ALE). Os delegados pleiteiam a implantação de um reajuste de pouco mais de 7%, mesmo índice a ser aplicado para defensores públicos e procuradores.

PPS, PDT e PV decidem apoiar Thomaz Nonô

Com uma bancada que tem em torno de 45 deputados, os partidos citados decidiram apoiar o candidato da oposição, José Thomaz Nonô (PFL-AL), à Presidência da Câmara. Além dos três partidos já mencionados, também PFL, PSDB e Prona apoiam o deputado alagoano.

Maluf passa mal e é submetido à cateterismo

Maluf passou mal por volta das 20h de ontem e foi atendido por médicos do Hospital Sírio-Libanês na carceragem da Polícia Federal. Segundo boletim médico do Incor, onde está internado , o ex-prefeito apresenta dores no peito com hipótese de obstrução de artérias coronárias.

PT perde mais dois deputados e deixa de ser maior bancada

A crise enfrentada pelo PT, a política econômica implantada pelo governo Lula e a eleição interna do partido que pode garantir a permanência do Campo Majoritário da legenda no poder levou os deputados Chico Alencar (RJ) e Maria José Maninha (DF) a se desfiliarem do partido e migrarem para o PSOL.